Criação de um guia para selecionar métodos de avaliação para tecnologias de software M-learning

Authors

  • Ana Iza de Sousa Alencar Universidade Federal do Ceará
  • Anna Beatriz dos Santos Marques Universidade Federal do Ceará http://orcid.org/0000-0001-9214-3399

DOI:

https://doi.org/10.5753/rbie.2021.29.0.73

Keywords:

M-learning, Métodos de avaliação, Qualidade de software de tecnologias educacionais

Abstract

M-learning é uma das principais ferramentas de aprendizagem no contexto educacional e se refere à mobilidade na aprendizagem, em qualquer lugar, a qualquer hora e por qualquer pessoa. Considerando que o M-learning é relativamente novo, é importante investigar métodos adequados de avaliação da qualidade. Assim, esta pesquisa, objetiva criar um guia para selecionar um método adequado para avaliar a qualidade de tecnologias M-learning. Neste artigo, apresenta-se a criação do guia proposto e um estudo de viabilidade. Ao realizar uma revisão bibliográfica, identificou-se métodos de avaliação, características, critérios e subcritérios de qualidade a serem considerados em uma aplicação M-learning. Cada método encontrado foi relacionado aos critérios de qualidade que avalia. O guia foi criado como uma tabela dinâmica em formato de planilha. Para avaliar a viabilidade do guia, um estudo de caso em duas turmas de Qualidade de Software foi conduzido. Os resultados mostram que mais de 80% dos participantes concordam que o guia é útil, fácil de usar e que pretendem utilizar o guia no futuro. Entretanto, foram observadas algumas dificuldades na utilização do guia, devido à falta ou pouca experiência com a ferramenta utilizada para a criação do guia. Como trabalho futuro, pretende-se desenvolver um software a fim de melhorar a facilidade de uso do guia e sua eficácia na sugestão de métodos de avaliação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Iza de Sousa Alencar, Universidade Federal do Ceará

Bacharel em Engenharia de Software

Anna Beatriz dos Santos Marques, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Informática

Professora Adjunta em Engenharia de Software do Campus de Russas

Referências

Andrade, M. V. M., Araújo Jr, C. F., & Silveira, I. F. (2015). Critérios de qualidade para aplicativos educacionais no contexto dos dispositivos móveis (M-Learning). In Nuevas Ideas em Informática Educativa. Congresso Internacional sobre Informática na Educação (TISE). [GS Search]

Ataíde, A. P. R., Teixeira, A. B. M., & da Silva, C. I. P. (2003). Maqsei-uma metodologia de avaliação de qualidade de software educacional infantil. In Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE), (Vol. 1, No. 1, pp. 356-365). doi: 10.5753/cbie.sbie.2003.356-365 [GS Search]

Baloh, M., Zupanc, K., Košir, D., Bosnić, Z., & Scepanovic, S. (2015). A quality evaluation framework for mobile learning applications. In 4th Mediterranean Conference on Embedded Computing (MECO) (pp. 280-283). IEEE. doi: 10.1109/MECO.2015.7181923 [GS Search]

Barbosa, G., Oliveira, E., & D'Carlo, D. (2016). Usabilidade em aplicativos móveis educacionais: Um conjunto de heurísticas para avaliação. In Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE) (Vol. 27, No. 1, p. 777). doi: 10.5753/cbie.sbie.2016.777 [GS Search]

Bednarik, R., Gerdt, P., Miraftabi, R., & Tukiainen, M. (2004). Development of the TUP model-Evaluating educational software. In IEEE International Conference on Advanced Learning Technologies (pp. 699-701). IEEE. doi: 10.1109/ICALT.2004.1357627 [GS Search]

Cáceres, S. V. & Pow-Sang, J. A. (2018). A systematic mapping review of usability evaluation methods for educational applications on mobile devices. In 7th International Conference On Software Process Improvement (CIMPS), Guadalajara, Jalisco, Mexico, pp. 59-68, IEEE. doi: 10.1109/CIMPS.2018.8625629 [GS Search]

CAMPOS, G. H. B. D. (1989). Construção e validação de ficha de avaliação de produtos educacionais para microcomputadores. Rio de Janeiro. [GS Search]

Coomans, S., & Lacerda, G. S. (2015). Petese, a pedagogical ergonomic tool for educational software evaluation. Procedia Manufacturing, 3, 5881-5888. doi: 10.1016/j.promfg.2015.07.895 [GS Search]

Cota, C. X. N., Díaz, A. I. M., & Duque, M. Á. R. (2014). Developing a framework to evaluate usability in m-learning systems: Mapping study and proposal. In Second international conference on technological ecosystems for enhancing multiculturality (pp. 357-364). doi: 10.1145/2669711.2669924 [GS Search]

Da Silva, M. G., & Batista, S. C. F. (2015). Metodologia de avaliação: análise da qualidade de aplicativos educacionais para matemática do ensino médio. RENOTE-Revista Novas Tecnologias na Educação, 13(1). doi: 10.22456/1679-1916.57641 [GS Search]

Da Silva, R. S., Silva, W. R., Cardoso Filho, R., Pereira, W., Aguiar, Y., & Dantas, V. (2016). Avaliação de Software Educativo: a complexidade de escolher uma abordagem adequada. In Congresso sobre Tecnologias na Educação (Ctrl+E 2016), (pp. 116-126). [GS Search]

Gomes, A. S., & Wanderley, E. G. (2003). Elicitando requisitos em projetos de Software Educativo. In Anais do Workshop de Informática na Escola (Vol. 1, No. 1, pp. 119-130). doi: 10.5753/cbie.wie.2003.119-130 [GS Search]

Gomes, A. S., Castro Filho, J. A., Gitirana, V., Spinillo, A., Alves, M., Melo, M., & Ximenes, J. (2002). Avaliação de software educativo para o ensino de matemática. In WIE 2002 Workshop Brasileiro de Informática Educativa. Florianópolis: SBC. [GS Search]

ISO/IEC 25010 (2011). ISO/IEC 25010:2011, Systems and software engineering — Systems and software Quality Requirements and Evaluation (SQuaRE) — System and software quality models. [GS Search]

Kitchenham, B. & Charters, S. (2007) Guidelines for performing Systematic Literature Reviews in Software Engineering, Version 2.3, EBSE Technical Report EBSE-2007-01, Keele University and University of Durham. [GS Search]

Nunes, R., & Santos, I. (2018). A importância da avaliação ergonômico-pedagógica de aplicativos educacionais e os desafios encontrados no campo da aprendizagem móvel. In Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE) (Vol. 29, No. 1, p. 41). doi: 10.5753/cbie.sbie.2018.41 [GS Search]

Pereira, W. S., Cardoso Filho, R. J., Silva, W. R. D. A., Da Silva, R. S. T., Dantas, V. F., & Aguiar, Y. P. (2016). Validação de uma abordagem combinada para avaliação de software educativo: Avanços e Desafios. Revista Tecnologias na Educação, 16(8). [GS Search]

Petri, G., & von Wangenheim, C. G. (2017). How games for computing education are evaluated? A systematic literature review. Computers & education, 107, 68-90. doi: 10.1016/j.compedu.2017.01.004 [GS Search]

Petri, G., von Wangenheim, C. G., & Borgatto, A. F. (2016). MEEGA+: an evolution of a model for the evaluation of educational games. INCoD/GQS, 3. [GS Search]

Petri, G., von Wangenheim, C. G., & Borgatto, A. F. (2020). MEEGA+: Um Modelo para a Avaliação de Jogos Educacionais para o ensino de Computação. Revista Brasileira de Informática na Educação, 27(3), 52. doi: 10.5753/rbie.2019.27.03.52 [GS Search]

Porto, J. V., Barbosa, H., & von Wangenheim, C. G. (2018). Proposta de um Checklist de Avaliação de Usabilidade de Aplicativos Android no Contexto Educacional. In Computer on the Beach, (pp. 870-879). [GS Search]

Runeson, P., Host, M., Rainer, A., & Regnell, B. (2012). Case study research in software engineering: Guidelines and examples. John Wiley & Sons. [GS Search]

Soad, G. W., & Barbosa, E. F. (2017). MoLEva: um método de avaliação de qualidade para aplicativos educacionais móveis. In Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software, (pp. 91-105). [GS Search]

Soad, G. W., Duarte Filho, N. F., & Barbosa, E. F. (2015). Uma contribuição ao estabelecimento de características de qualidade para aplicações educacionais móveis. In Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software, (pp. 165–179). [GS Search]

Soad, G. W., Duarte Filho, N. F., & Barbosa, E. F. (2016). Quality evaluation of mobile learning applications. In 2016 IEEE Frontiers in Education Conference (FIE) (pp. 1-8). IEEE. doi: 10.1109/FIE.2016.7757540 [GS Search]

Vargo, J., Nesbit, J. C., Belfer, K., & Archambault, A. (2003). Learning object evaluation: computer-mediated collaboration and inter-rater reliability. International Journal of Computers and Applications, 25(3), 198-205. doi: 10.1080/1206212X.2003.11441703 [GS Search]

Venkatesh, V., & Bala, H. (2008). Technology acceptance model 3 and a research agenda on interventions. Decision sciences, 39(2), 273-315. doi: 10.1111/j.1540-5915.2008.00192.x [GS Search]

Vermeeren, A. P., Law, E. L. C., Roto, V., Obrist, M., Hoonhout, J., & Väänänen-Vainio-Mattila, K. (2010, October). User experience evaluation methods: current state and development needs. In 6th Nordic conference on human-computer interaction: Extending boundaries (pp. 521-530). doi: 10.1145/1868914.1868973 [GS Search]

Vieira, M. M. S., Simões, L. L. F., & de Oliveira Barreto A. L. (s.d) Avaliação de software educativo: aspectos pedagógicos e técnicos. [GS Search]

Zaibon, S. B., & Shiratuddin, N. (2010). Heuristics evaluation strategy for mobile game-based learning. In 2010 6th IEEE International Conference on Wireless, Mobile, and Ubiquitous Technologies in Education (pp. 127-131). IEEE. doi: 10.1109/WMUTE.2010.27 [GS Search]

Arquivos adicionais

Published

2021-02-07

Como Citar

ALENCAR, A. I. de S.; MARQUES, A. B. dos S. Criação de um guia para selecionar métodos de avaliação para tecnologias de software M-learning. Revista Brasileira de Informática na Educação, [S. l.], v. 29, p. 73–96, 2021. DOI: 10.5753/rbie.2021.29.0.73. Disponível em: https://journals-sol.sbc.org.br/index.php/rbie/article/view/2987. Acesso em: 21 jul. 2024.

Issue

Section

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)