Formação continuada de professores para uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Brasil

Authors

  • Milena Jansen Cutrim Cardoso Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA)
  • Gil Derlan Silva Almeida Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA)
  • Thiago Coelho Silveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA)

DOI:

https://doi.org/10.5753/rbie.2021.29.0.97

Keywords:

TIC, Formação continuada docente, Revisão Sistemática de Literatura

Abstract

O presente trabalho analisa ações de formação continuada docente no Brasil que visam promover o uso pedagógico de TIC por professores. Para isso, foi realizada uma Revisão Sistemática de Literatura, com base em publicações filtradas no SciELO, Portal Periódicos da CAPES e Google Acadêmico. Foram identificados 32 artigos dentro da temática, o mais antigo publicado em 2006 e os mais novo em 2018, que revelaram que a maioria das ações utilizaram-se de elementos do ensino a distância e centraram-se em professores de matemática da educação básica pública. A análise dos resultados de formação indicou que as ações contribuíram para o estabelecimento de redes de relacionamento entre os docentes; a construção de conhecimentos e a revelação de significados sobre as TIC; bem como o uso, reflexão sobre a utilização e desenvolvimento de interesse na utilização das TIC, além da formação de conhecimentos disciplinares e a aprendizagem dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Almeida, M. E. B., & Valente, J. A. (2016). Políticas de Tecnologia na Educação Brasileira: histórico, lições aprendidas e recomendações. São Paulo, SP: Centro de Inovação para a Educação Brasileira. Retrieved from [link] [GS Search]

Atanazio, A. M. C., & Leite, A. E. (2018). Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e a formação de professores: tendências de pesquisa. Investigações em Ensino de Ciências, 23 (2), 88-103. doi: 10.22600/1518-8795.ienci2018v23n2p88 [GS Search]

Bahia, N. P. (2014). A formação inicial de professores a distância, que tanto incomoda! Educação & Linguagem, 17 (2), 121-143. doi: 10.15603/2176-1043/el.v17n2p121-143] [GS Search]

Barbosa, P. P., & Ursi, S. (2019). Motivação para formação continuada em Educação a Distância: um estudo exploratório com professores de Biologia. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 18 (1), 148-172. Retrieved from [link] [GS Search]

Baptista, M. (2014). Researching Practice and Collaboration as a Means to Promote Inquiry in Science Teaching. Problems of Education in the 21st Century, 59, 5-6. Disponível em: [link] [GS Search]

Bardin, L. (2016). Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições70. [GS Search]

Barreto, R. G., Guimarães, G. C., Magalhães, L. K. C., & Leher, E. M. T. (2006). As tecnologias da informação e da comunicação na formação de professores. Revista Brasileira de Educação, 11 (31), 31-42. doi: 10.1590/S1413-24782006000100004 [GS Search]

Bingimlas, K. A. (2009). Barriers to the Successful Integration of ICT in Teaching and Learning Environments: A Review of the Literature. Eurasia Journal of Mathematics, Science & Technology Education, 5 (3), 235-245. doi: 10.12973/ejmste/75275 [GS Search]

Brasil. (1997). Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília, DF: MEC/SEF. Retrieved from [link]

Brasil. (2013) Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília, DF: MEC/SEB. Disponível em: [link]

Brasil. (2015). Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP Nº 2, de 1 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Retrieved from [link]

Brasil (2018). Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC. Retrieved from [link]

Brasil. (2020). Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP Nº 1, de 27 de outubro de 2020. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica (BNC-Formação Continuada). Retrieved from [link]

Casquero, G. B., García, L. M. C., & González, R. L. (2011). Obstáculos percibidos para la integración de las tic por los profesores de infantil y primaria en extremadura. Revista de Medios y Educación, 39, 83-94. Disponível em: [link] [GS Search]

Costa, C., & Ferreira, R. (2020). Revisão Sistemática sobre Letramento Digital na Formação de Professores: desafios e possibilidades. In Anais do XXXI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, (pp. 282-291). Porto Alegre: SBC. doi: 10.5753/cbie.sbie.2020.282 [GS Search]

Critical Appraisal Skills Programme (2018). CASP Qualitative Studies Checklist. Retrieved from [link]

Davis, C. L. F, Nunes, M. M. R., Almeida, P. C. A., Silva, A. P. F., & Souza, J. C. (2012). Formação continuada de professores: Uma análise das modalidades e das práticas em estados e municípios brasileiros. São Paulo, SP: FCC/DPE. Disponível em: [link] [GS Search]

Dorigoni, G. M. L., & Silva, J. C. (2013). Mídia e Educação: o uso das novas tecnologias no espaço escolar. Retrieved from [link] [GS Search]

Dorneles, D. M. (2012). A formação do professor para o uso das tics em sala de aula: uma discussão a partir do projeto piloto UCA no Acre. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, 5 (2), 71-87. doi: 10.17851/1983-3652.5.2.71-87 [GS Search]

Estevam, E. R., & Sales, S. R. (2018). Formação de professores e tecnologias digitais: levantamento e análise da produção discente na pós-graduação em educação. Revista Intersaberes, 13 (18), 37-50. doi: 10.22169/revint.v13i28.1360 [GS Search]

Espíndola, M. B.; Struchiner, M.; Giannella, T. R. (2010). Integração de Tecnologias de Informação e Comunicação no Ensino: Contribuições dos Modelos de Difusão e Adoção de Inovações para o campo da Tecnologia Educacional. Revista Latinoamericana de Tecnología Educativa ­ RELATEC, 9 (1), 89-­106. Disponível em: [link] [GS Search]

Faria, A. A., & Lopes, L. F. (2013). O que e o quem da Ead: história e fundamentos. Curitiba: Intersaberes. [GS Search]

Gatti, B. (2008). Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação, 13, 37, 57-70. doi: 10.1590/S1413-24782008000100006 [GS Search]

Gewehr, D. (2016). Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICSs) na escola e em ambientes não escolares. 136 f. Dissertação (Mestrado em Ensino). Centro Universitário UNIVATES, Lajeado, RS. [GS Search]

Gonçalves, H. A., Nascimento, M. B. C., & Nascimento, K. C. S. (2015). Revisão sistemática e metanálise: níveis de evidência e validade científica. Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica, 5 (3), 193-211. doi: 10.36524/dect.v5i03.129 [GS Search]

Galvão, C. M., Sawada N. O., & Trevizan M. A. (2004). Revisão sistemática: recurso que proporciona a incorporação das evidências na prática da enfermagem. Revista Latino-americana de Enfermagem, 12 (3), 549-56. doi: 10.1590/S0104-11692004000300014 [GS Search]

Kenski, V. M. (2001). Em direção a uma ação docente mediada pelas tecnologias digitais. In R. G. Barreto (Org.). Tecnologias educacionais e educação a distância: avaliando políticas e práticas. (pp. 74-84). Rio de Janeiro, RJ: Quartet. [GS Search]

Mamede-Neves, M. A. C. (1996). Aprendizagem por identificação. Rio de Janeiro, RJ: CEPERJ. [GS Search]

Martins, Z. (2009). As TIC no ensino-aprendizagem da matemática. In Actas do X Congresso Internacional Galego-português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho. Retrieved from [link] [GS Search]

Martins, R. X., & Flores, V. F. (2015). A implantação do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo): revelação de pesquisas realizadas no Brasil entre 2007 e 2011. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (online), 96 (242), 112-128. doi: 10.1590/S2176-6681/330812273 [GS Search]

Matos, N. C., Souza, E. R., Nascimento, J. V., Pinto, M. G., & Souza, A. R. B. (2016). A formação continuada de professores da educação básica: uma revisão sistemática. Cadernos de pesquisa: Pensamento Educacional, 11 (28), 45-64. Disponível em: [link] [GS Search]

Micheletto, I. B. P., & Levandovski, A. R. (2013). Ação-reflexão-ação: processo de formação continuada. 2013. Retrieved from [link] [GS Search]

Mill, D. (2013). Análise da educação a distância como interseção entre a formação docente, as tecnologias digitais e a pós-graduação. Educação em Perspectiva, 4 (2), 343-369. doi: 10.22294/eduper/ppge/ufv.v4i2.413 [GS Search]

Miskulin, R. G. S., Perez, G., Silva, M. R. C., Montrezor, C., Santos, C., Toon, E., Liboni-Filho, P., & Santana, P. H. (2006). Identificação e análise das dimensões que permeiam a utilização das tecnologias de informação e comunicação nas aulas de matemática no contexto da formação de professores. Bolema, 19 (26), 1-16. Disponível em: [link] [GS Search]

Moura, K. M. P. (2019). Revisão sistemática sobre letramento digital na formação de professores. Texto livre: linguagem e tecnologia, 12 (3), 128-143. doi: 10.17851/1983-3652.12.3.128-143 [GS Search]

Nogueira, F., Pessoa, T., & Gallego, M. J. (2015). Desafios e oportunidades do uso da tecnologia para a formação contínua de professores: uma revisão em torno do TPACK em Portugal, Brasil e Espanha. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, 4 (2), 1-20. Retrieved from [link] [GS Search]

Oliveira, A. M. G., & Lima, G. S. N. (2015). A gestão educacional e a efetivação de políticas públicas para utilização das TIC na educação. Revista Exitus, 5, 2, 125-137. Retrieved from [link] [GS Search]

Oliveira, T. A. L., Delamuta, B. H., Silveira, M. P., & Mól, G. S. (2018). Formação Continuada de professores de Química para o uso das Tecnologias: uma Revisão Sistemática de Literatura. Revista Valore, 3 (edição especial), 1-13. Retrieved from [link] [GS Search]

Pedro, N., & Piedade, J. (2013). Efeitos da formação na autoeficácia e na utilização educativa das TIC pelos professores: estudo das diferenças entre regimes formais e informais de formação. Revista e-Curriculum, 11 (3), 766-793. Disponível em: [link] [GS Search]

Pedrosa, S. A educação a distância na formação continuada do professor. (2003). Educar em Revista, 21, 1-15. doi: 10.1590/0104-4060.283 [GS Search]

Peralta, H., & Costa, F. A. (2007). Competência e confiança dos professores no uso das TIC: Síntese de um estudo internacional. Revista de Ciências da Educação, 3, 77-86. Retrieved from [link] [GS Search]

Pretto, N., & Riccio, N. (2010). A formação continuada de professores universitários e as tecnologias digitais. Educar em Revista, 37, 153-169. doi: 10.1590/S0104-40602010000200010 [GS Search]

Romanowski, J. (2013). Tendências da pesquisa em formação de professores. Atos de Pesquisa em Educação, 8 (2), 479-499. doi: 10.7867/1809-0354.2013v8n2p479-499 [GS Search]

Schön, D. A. (2000). Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre, RS: Artmed. [GS Search]

Schuhmacher, V. R. N., Alves-Filho, J. P., & Schuhmacher, E. (2017). As barreiras da prática docente no uso das tecnologias de informação e comunicação. Ciência e Educação, 23 (3), 563-576. doi: 10.1590/1516-731320170030002 [GS Search]

Silva, H., Jambeiro, O., Lima, J., & Brandão, M. (2005). Inclusão digital e educação para a competência informacional: uma questão de ética e cidadania. Ciência da Informação [online], 34 (1), 28-36, 2005. doi: 10.1590/S0100-19652005000100004 [GS Search]

Silva, I. C. S., Prates, T. S., & Ribeiro, L. F. S. (2016). As Novas Tecnologias e aprendizagem: desafios enfrentados pelo professor na sala de aula. Revista Em Debate, 16, 107-123. doi: 10.5007/1980-3532.2016n15p107 [GS Search]

Soares-Leite, W. S., & Nascimento-Ribeiro, C. A. (2012). A inclusão das TICs na educação brasileira: problemas e desafios. Magis, 5 (10), 173-187. Disponível em: [link] [GS Search]

Souza, A. A. N., & Schneider, H. N. (2016). Tecnologias digitais na formação inicial docente: articulações e reflexões com uso de redes sociais. Educação Temática e Digital, 18 (2), 418-436. doi: 10.20396/etd.v18i2.8640946 [GS Search]

Spagnolo, C., Mantovani, A. M., Santos, B. S., & Müller, C. A. (2014). As tecnologias da informação e da comunicação como mediadoras no processo de formação docente: um recorte nos grupos de trabalho da ANPED – 2009 a 2012. Revista Reflexão e Ação, 22 (1), 203-222. doi: 10.17058/rea.v22i1.3852 [GS Search]

Takahashi, T. (2000). Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Brasília, DF: Ministério da Ciência e Tecnologia. [GS Search]

Arquivos adicionais

Published

2021-02-07

Como Citar

CARDOSO, M. J. C.; ALMEIDA, G. D. S.; SILVEIRA, T. C. Formação continuada de professores para uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Brasil. Revista Brasileira de Informática na Educação, [S. l.], v. 29, p. 97–116, 2021. DOI: 10.5753/rbie.2021.29.0.97. Disponível em: https://journals-sol.sbc.org.br/index.php/rbie/article/view/2986. Acesso em: 25 jul. 2024.

Issue

Section

Artigos