Uso do Design Thinking na aplicação de arquiteturas pedagógicas: uma proposta de desenvolvimento profissional docente

Authors

DOI:

https://doi.org/10.5753/rbie.2024.3293

Keywords:

Estratégia pedagógica, Inovação pedagógica, Aprendizagem ativa, Tecnologias digitais, Formação continuada

Abstract

O cenário educacional vigente vem exigindo um repensar e uma transformação do fazer pedagógico docente em sala de aula. Para que essa transformação ocorra, o desenvolvimento profissional dos docentes precisa estimular a inovação na prática, num processo de ação-reflexão-ação. Uma proposta emergente de formação continuada envolve o uso da metodologia do Design Thinking no uso de arquiteturas pedagógicas. Nesse contexto, o presente artigo apresenta um framework de uso dessa metodologia, desafiando os docentes na construção de estratégias educacionais inovadoras. O framework é organizado em etapas que conectam a prática docente criativa a um referencial teórico e tecnologias digitais. A partir de uma pesquisa de natureza qualitativa, o planejamento e aplicação de arquiteturas pedagógicas, alinhada à proposta do Design Thinking, é analisada a partir do seu uso em três edições de uma formação continuada realizada com docentes do Ensino Superior. As experiências alcançaram o propósito de oportunizar aos docentes: (i) uma vivência das premissas de arquiteturas pedagógicas; (ii) a busca pela inovação no seu fazer pedagógico, contribuindo para a reconstrução de estratégias educacionais inovadoras pela lente das arquiteturas pedagógicas e (iii) a reflexão acerca do uso da metodologia do Design Thinking nas suas práticas de sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Aragón, R. (2016). Interação e mediação no contexto das arquiteturas pedagógicas para a aprendizagem em rede. Revista de educação pública (pp. 261-275). Vol. 25, n. 59/1. [GS Search]

Bacich, L., & Moran, J. (2018). Metodologias ativas para uma Educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso. [GS Search]

Behrens, M. A. (2006). Paradigma da complexidade: metodologia de projetos, contratos didáticos e portfólios. Petrópolis: Vozes.

British Design Council (2005). The double Diamond: a universally accepted depiction of the design process. Disponível em [Link].

Brown, T. & Wyaat, J. (2010) Design thinking for social innovation. Stanford Social Innovation Review. V. 8, n. 1. https://doi.org/10.1596/1020-797X_12_1_29 [GS Search]

Brown, T. (2008). Design Thinking. Harvard Business Review (pp.84-95). June. Disponível em [Link].

Cai, Y., Yang, Y. (2023). The development and validation of the scale of design thinking for teaching (SDTT). Thinking Skills and Creativity, v. 48, p. 101255, 2023. https://doi.org/10.1016/j.tsc.2023.101255 Disponível em [Link].

Calavia, M. B. et al. (2022). Improving Design Project Management in Remote Learning. Sustainability, v. 14, n. 17, p. 11025. https://doi.org/10.3390/su141711025 Disponível em [Link].

Capra, F. (2010). A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. 5. ed. São Paulo: Cultrix.

Carvalho, M. J. S., Nevado, R. A., & Menezes, C.S. (2007) Arquiteturas Pedagógicas para Educação a Distância. Em Nevado, R. A., Carvalho, M. J. S. & Menezes, C. S. (Org.). Aprendizagem em Rede na Educação a Distância: Estudos e Recursos para Formação de Professores (pp. 35-52). Porto Alegre: Ricardo Lenz. [GS Search]

Castro, A.; Menezes, C. (2011). Aprendizagem colaborativa com suporte computacional. Sistemas Colaborativos, p. 135-153. [GS Search]

Cavalcanti, C. C., & Filatro, A. (2016). Design Thinking na Educação presencial, a distância e corporativa. 1ª ed, São Paulo: Saraiva. [GS Search]

Chayanuvat, A. (2016). Teaching Tips - Strategies, Research, and Theory for College and University Teachers. Walailak Journal of Learning Innovations, (pp. 97-103). V. 2, n. 2. [GS Search]

Debald, B. (2020). Metodologias ativas no ensino superior: o protagonismo do aluno. Penso Editora.

Díaz-Pareja, E. M. et al. (2021). Sustainable Education: Using Social Networks in Education for Change. Sustainability, v. 13, n. 18, p. 10368. https://doi.org/10.3390/su131810368 Disponível em [Link].

Freire, P. (2014). Por uma pedagogia da pergunta. Editora Paz e Terra.

Ghilay, Y., & Ghilay, R. (2015). TBAL: Technology-based active learning in higher education. Ghilay, Y. & Ghilay (pp. 10-18). [GS Search]

Grégoire, D. A., Cherchem, N. (2020). A structured literature review and suggestions for future effectuation research. Small Business Economics, v. 54, p. 621-639. Disponível em [Link].

Henriksen, D.; Gretter, S.; Richardson, C. (2020). Design thinking and the practicing teacher: Addressing problems of practice in teacher education. Teaching Education, v. 31, n. 2, p. 209-229. https://doi.org/10.1080/10476210.2018.1531841 Disponível em [Link].

Meira, L. (2022). Reinventar a educação: qual o papel do professor?. Unisinos.

Menezes, C., Castro Junior, A. N. & Aragón, R. (2020). Arquiteturas pedagógicas para aprendizagem em rede. Série de livros texto da CEIE-SBC. Disponível em [Link].

Mesquita, D., Flores, M. A., & Lima, R. M. (2018). Desenvolvimento do currículo no ensino superior: desafios para a docência universitária. Revista iberoamericana de educación superior, (pp. 42-61). V. 9, n. 25. [GS Search]

Meyer, P. (2018). Princípios para concepção de um portal para o desenvolvimento profissional da docência na educação superior. Tese de Doutorado em Educação - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba. 282 f. Disponível em [Link].

Michels, A. B., Danilevicz, A. M. F. & Aragón, R. (2021). Tecnologias no trabalho docente: um olhar para o processo cognitivo de construção de estratégias pedagógicas. RENOTE, (pp. 564-573). V. 19, n. 1. https://doi.org/10.22456/1679-1916.118548 [GS Search]

Michels, A. B., & Jacaúna, R. D. P., & Menezes, C. S. (2021). Uso da arquitetura pedagógica Projeto de Aprendizagem como suporte à prática docente em aulas síncronas. Anais do XXVII Workshop de Informática na Escola. SBC, (pp. 53-63). https://doi.org/10.5753/wie.2021.218239 [GS Search]

Michels, A. B., & Danilevicz, A. F. M. (2020). SOS Professor: Práticas Pedagógicas Inovadoras no contexto de pandemia. Escola de Desenvolvimento de Servidores da UFRGS, EDUFRGS.

Mishra, P.; Koehler, M. J. (2006). Technological pedagogical content knowledge: A framework for teacher knowledge. Teachers college record, v. 108, n. 6, p. 1017-1054. https://doi.org/10.1111/j.1467-9620.2006.00684.x [GS Search]

Moreira, J. A., & Schlemmer, E. (2020). Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista uFG, v. 20. https://doi.org/10.5216/revufg.v20.63438 [GS Search]

Neck, H., & Brush, C. (2012). Idealab. Symposium for Entrepreneurship Educators. Wellesley/MA: Price Babson.

Nevado, R. A., Menezes, C. S. & Júnior, R. V. (2011). Debate de teses–uma arquitetura pedagógica. Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). [GS Search]

Nóvoa, A. & Alvim, Y. (2020). Nothing is new, but everything has changed: A viewpoint on the future school. Prospects, (pp. 35-41). V. 49, n. 1. https://doi.org/10.1007/s11125-020-09487-w [GS Search]

Nóvoa, A. (2020). Formação de professores em tempo de pandemia. Instituto Yungo. Disponível em [Link].

Oliveira, R. M., Corrêa, Y., & Morés, A. (2020). Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Revista internacional de formação de professores, (pp. 1-18), volume 5. [GS Search]

Piaget, J. (1971). A epistemologia genética. Petrópolis: Vozes.

Piaget, J (1985). O possível e o necessário: evolução dos possíveis na criança. Porto Alegre, Artes Médicas.

Ramos, A., Faria, P. M., Faria, A. (2014). Revisão sistemática de literatura: contributo para a inovação na investigação em Ciências da Educação. Revista Diálogo Educacional, v. 14, n. 41, p. 17-36. Disponível em [Link].

Silus, A., Fonseca, A. L. C., & Jesus, D. L. N. (2020). Desafios do ensino superior brasileiro em tempos de pandemia da COVID-19: repensando a prática docente. Liinc em Revista, (pp. e5336-e5336). V. 16, n. 2. https://doi.org/10.18617/liinc.v16i2.5336 [GS Search]

Silveira, P. D. N. et al. (2021). Uma ontologia de referência para arquiteturas pedagógicas. Anais do XXXII Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. SBC, (pp. 24-34). https://doi.org/10.5753/sbie.2021.218200 [GS Search]

Sinek, S. (2009). Comece com o porquê. Como grandes líderes inspiram todos a agir. Londres: Pinguim Livros.

Valente, J. A., Almeida, M. E. B., & Geraldini, A. F. S. (2017). Metodologias ativas: das concepções às práticas em distintos níveis de ensino. Revista Diálogo Educacional, (pp. 455-478). V. 17, n. 52. https://doi.org/10.7213/1981-416X.17.052.DS07 [GS Search]

Yin, R. K. (2016). Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre, RS: Penso.

Watson, A. D. (2015). Design thinking for life. Art Education, v. 68, n. 3, p. 12-18. https://doi.org/10.1080/00043125.2015.11519317 Disponível em [Link].

Arquivos adicionais

Published

2024-05-20

Como Citar

MICHELS, A. B.; DANILEVICZ , Ângela de M. F.; ARAGÓN, R. Uso do Design Thinking na aplicação de arquiteturas pedagógicas: uma proposta de desenvolvimento profissional docente. Revista Brasileira de Informática na Educação, [S. l.], v. 32, p. 195–219, 2024. DOI: 10.5753/rbie.2024.3293. Disponível em: https://journals-sol.sbc.org.br/index.php/rbie/article/view/3293. Acesso em: 23 jul. 2024.

Issue

Section

Artigos Premiados